1 800 - 0452 00 [email protected]

A raça Border Collie

É indiscutível é que o Border Collie como hoje conhecemos é originário da região fronteiriça entre a Escócia e a Inglaterra. Mas a raça apesar de seu registro oficial ter pouco mais de que 100 anos é muito mais antiga, com referências literárias e pictóricas que datam de, pelo menos, 1570.

Durante séculos, esses cães pastores trabalharam com seus donos cuidando de rebanhos sob chuva, neve e mormaços, em terras íngremes e pedregosas, sem nenhum reconhecimento fora o de seus próprios donos.

Foi em Bala, no País de Gales, a 9 de Outubro de 1873, o início dos primeiros concursos de pastoreio, quando se mostrou esta raça aos olhos do público. O encantamento foi inevitável e a popularidade da raça como ferramenta de trabalho foi aumentando rapidamente, acompanhando o desenvolvimento da indústria da lã. À medida que o numero de criadores de ovinos aumentava, os Border Collies foram ganhando seu espaço nas fazendas inglesas.

Muitas Características em um só Cão

Velocidade, obstinação, tenacidade, resistência, respostas rápidas, empenho, entusiasmo, entrega total ao trabalho, autonomia e autoridade perante o ambiente e outros animais, cooperação com o companheiro de trabalho, subordinação incondicional ao líder (homem) e, acima de tudo, uma inteligência extraordinária que surpreende até os treinadores mais experientes.

Essas características, que estão presentes, mais do que em qualquer outra raça, são as que o capacitam o Border Collie para que obtenha os melhores desempenhos também em algumas outras atividades que exigem esses traços presentes em alto grau como: Agility, Freesbe, Flyball, etc... São esportes que tem se beneficiado com esse cão extraordinário.

Machos

Conheça nossos machos.

Fêmeas

Conheça nossas fêmeas.

Aparência

Bem proporcionado, de contorno suave demonstrando qualidade, graça e perfeito equilíbrio, combinados com substância suficiente para conferir uma impressão de resistência. Qualquer tendência à rusticidade ou debilidade é indesejável.

Proporções Importantes

• crânio e focinho são aproximadamente do mesmo comprimento.
• tronco ligeiramente mais longo que a altura nos ombros

Comportamento e Temperamento

Tenaz, trabalha pesado e com grande sociabilidade. Perspicaz, alerta, receptivo e inteligente. Jamais nervoso ou agressivo.

Movimentação

Livre, suave e incansável, com um mínimo de elevação das patas, conferindo a impressão de habilidade para movimentação com grande cautela e velocidade.

Pelagem

Pelo: duas variedades: moderadamente longa e lisa.

Em ambas, a pelagem de cobertura é densa e de textura média, subpelo macio e denso, fornecendo boa proteção contra intempéries. Na variedade de pelagem moderadamente longa a abundância de pelos forma uma juba, culotes e pincel. Na face, orelhas, anteriores (exceto para franjas) e posteriores do jarrete ao solo o pelo deve ser curto e liso.

Tamanho

altura ideal na cernelha: machos 53 cm;
fêmeas, ligeiramente menores

Cor

A variedade de cores é permitida. O branco jamais deverá ser predominante.

Características

Trufa: preta, exceto para os exemplares de cor marrom ou chocolate, nos quais pode ser marrom. Nos azuis, a trufa pode ser cor-de-ardósia. Narinas bem desenvolvidas

Olhos: inseridos bem separados, de formato oval e tamanho médio; de cor marrom, exceto nos “merles”, onde um, ambos os olhos ou apenas parte de um ou de ambos poderá ser azul. Expressão meiga, penetrante, alerta e inteligente.

Orelhas: de textura e tamanho médios, inseridas bem separadas. Portadas eretas ou semi-eretas e atentas ao menor ruído.

Cauda: moderadamente longa, com a última vértebra alcançando, pelo menos, os jarretes; de inserção baixa; bem guarnecida de pelos e com a ponta curvada para cima, completando o contorno gracioso e equilíbrio do cão. A cauda poderá erguerse em estado de excitação, jamais portada sobre o dorso.

Nossa galerinha!

Conheça alguns dos nossos borders!